• Hidroxicloroquina, com eficácia cientificamente?

    Hidroxicloroquina, com eficácia cientificamente?

    A Sociedade Brasileira de Virologia esclarece que, até o momento, não existe nenhum fármaco com eficácia cientificamente comprovada para o tratamento da COVID-19 e não endossa de forma institucional o uso indiscriminado da hidroxicloroquina ou qualquer outro medicamento sem a devida comprovação cientifica.

    A hidroxicloroquina é um medicamento antimalárico aprovado para tratamento de certos tipos de malária, lúpus eritematoso e artrite reumatoide, com o devido acompanhamento médico. O sulfato de hidroxicloroquina tem sido testado no tratamento contra a COVID19, muitas vezes em associação com outros fármacos. Embora sua inclusão como estratégia terapêutica possa beneficiar alguns pacientes hospitalizados com a COVID-19, sua eficácia, bem como a necessidade de associação com outros fármacos, ainda carece de comprovação mais ampla, sendo considerado ainda um medicamento experimental. Ainda, o sulfato de hidroxicloroquina pode induzir efeitos colaterais, e informações cientificamente reconhecidas são limitadas no que diz respeito a sua segurança se administrado de forma ampla para qualquer indivíduo, independentemente de sua condição clínica.

     

    Por todos os motivos acima elencados, a SBV expressa que a opinião isolada de qualquer virologista que defenda de maneira pública o uso indiscriminado deste medicamento contra o novo coronavirus não representa de forma alguma a posição oficial desta sociedade científica e de seus membros até que todas as evidências científicas sobre a sua ação e eficácia sejam totalmente esclarecidas.

    Deixe seu comentário →

Deixe seu comentário

You must be logged in to post a comment.