Página Inicial  Contato
 
 


23/10/2018

Edital para Exame de Seleção - Pós-Doutorado PNPD/CAPES



05/02/2014 - Faleceu nesta madrugada o Dr José Alberto Neves Candeias

É com profundo pesar que a Sociedade Brasileira de Virologia comunica aos seus sócios o falecimento esta madrugada do Professou Doutor José Alberto Neves Candeias.

Nascido na cidade de Vila Real, Portugal, em 15 de novembro de 1921, filho de Alberto Candeias e Angelina Neves Candeias, graduou-se em Medicina na Universidade de Lisboa em 1945. Ainda estudante, demonstrou interesse pela pesquisa, tendo iniciado em 1944 atividades no Instituto Bacteriológico Câmara Pestana de Lisboa, como assistente voluntário da disciplina de Bacteriologia e Parasitologia da Faculdade de Medicina.

Em 1950 transferiu-se para o Brasil e naturalizou-se brasileiro. Em 1956 foi nomeado virologista do Instituto Butantã, onde ficou até 1959. Em 1960 ingressou na Universidade de São Paulo, junto à Cadeira de Microbiologia e Imunologia Aplicadas, da Faculdade de Higiene e Saúde Pública, onde publicou os primeiros estudos em virologia, inclusive trabalhos pioneiros na área da virologia ambiental. Em 1968 recebeu o título de Doutor em Higiene e Saúde Pública, com tese intitulada "Contribuição para o estudo das viroses respiratórias em crianças". Já em 1969 recebeu o título de Livre Docente em Virologia, com a tese intitulada "Isolamento e identificação intratípica de cepas de poliovírus associadas com a administração de vacina Sabin". Em 1970, com a reforma universitária, ele foi para o Instituto de Ciências Biomédicas da USP, tendo sido chefe do Departamento de Microbiologia e Imunologia.

Durante sua carreira o Professor Candeias realizou vários estágios como bolsista do British Council, CNPq, FAPESP, e CAPES, em laboratórios de virologia de reconhecido prestígio, como "Central Public Health Laboratories" e "Medical Research Council, National Institute for Medical Research", Inglaterra, este último sob orientação do Dr. Hélio Gelli Pereira, e no "National Health Institute", de Tóquio, Japão, sob orientação do Dr. Tsunehiro Kitahara. O Professor Candeias trabalhou por dois anos no Laboratório de Rickettisioses e Viroses do "Health State Department", em Berkeley, Califórnia, sob orientação do Dr. Edwin Lennette, com quem manteve projetos de pesquisa. Em 1978 após estágio no "Regional Virus Laboratories, East Birmingham Hospital", Inglaterra, iniciou programa de pesquisa sobre Gastroenterites Virais, em colaboração com o Dr. Thomas H. Flewett.

O Professor Candeias exerceu intensa atividade didática, ministrando aulas de virologia para estudantes de graduação e pós-graduação. Teve também fecunda atividade científica como pesquisador, tendo mantido colaborações com diversas instituições, como Instituto Biológico, Escola Paulista de Medicina, Instituto da Criança, Hospital Universitário/USP e Faculdade de Saúde Pública. Suas pesquisas resultaram em grande número de publicações em periódicos de prestígio, bem como em inúmeras participações como convidado em congressos e reuniões científicas. Em 1983, com os Drs. Hélio Gelli Pereira (FIOCRUZ) e Alexandre da Costa Linhares (Instituto Evandro Chagas), o Professor Candeias colaborou no início do Plano Setorial de Virologia da FINEP, gerando apoio a muitos laboratórios de virologia, e consequentemente desencadeando forte desenvolvimento desta ciência no país.

O Professor Candeias foi orientador de inúmeros alunos de Mestrado e Doutorado em cursos de pós-graduação da Faculdade de Saúde Pública (USP), Instituto de Ciências Biomédicas (USP), Escola Paulista de Medicina (UNIFESP). Muitos dos seus alunos trabalham até o presente como virologistas, em diversas Instituições como o Instituto de Ciências Biomédicas (USP), Instituto Adolfo Lutz, Instituto Biológico, Instituto Butantã, Faculdade de Medicina Veterinária (USP), além de várias instituições de ensino e pesquisa em diversos estados brasileiros.

Lamentamos o falecimento do Professor Candeias e queremos de público reconhecer o papel tão importante que ele teve no desenvolvimento da Virologia em nosso país. A ausência do Professor Candeias enluta a ciência brasileira, e em especial a nossa Sociedade Brasileira de Virologia, da qual ele sócio fundador nº 1 e Presidente de 1988 a 1990.

Enviamos aos familiares e parentes próximos do Professor Candeias nosso pesar.



« voltar
 
     
 
www.sbv.org.br créditos